Diário da Guerra do Porco, de Adolfo Bioy Casares

 

 

Clique aqui para ler minha resenha de Diário da guerra do porco, de Adolfo Bioy Casares, escrita a pedido da editora (Cosac & Naify) e publicada em sua página.

 

 

10 pensamentos sobre “Diário da Guerra do Porco, de Adolfo Bioy Casares

    • Pedrita,
      obrigado.
      Beijos,
      Júlio

      Panterarica,
      publicado.
      Abraços,
      Júlio

      Marcos,
      tudo bem?
      Obrigado.
      ‘Modernidade periférica’ é um livre extraordinário. Talvez o mais importante da Sarlo. Aproveite!
      Abraços,
      Júlio

  1. amores nos olhos…
    [poesia]

    caminhos
    alegrias
    tristezas.
    paixão,
    intenção…
    mágoas
    carinho,
    Obrigada
    minha vida
    alegria

    felicidade

    lágrimas

    Muita felicidade

    beijos meus
    sonhos…
    risonhos
    felicidade
    flor

    delicadezas
    tanto engano
    lucidez
    insensatez
    louca vida
    alma
    Adeus

    ternuras
    amor
    flor
    luar
    Verde Águas
    louco coração
    paixão…

    canção…
    melodia…
    impulsiona

    Poeta do amor
    Um abraço…
    com lagrimas

    problemas
    vida da gente
    gente conversar

    coração
    coração incrível
    maravilhosa
    pense
    desejo
    coração carinho,
    confiante
    mão de Deus e vai.

  2. Parabéns, Júlio!

    Bioy Casares é realmente ótimo e a sua resenha faz justiça ao autor.

    Abraços.

    P.S.: Aproveitei a última Feira do Livro da USP para comprar o “Modernidade Periférica” de Beatriz Sarlo com a sua tradução. Vou lê-lo nas férias e depois comento novamente.

  3. Excelente livro, professor… alias vale a pena seguir suas indicações. Camilleri, por exemplo, comecei a ler e acabei viciado nas histórias do Montalbano.
    Abraços.

  4. Amy era louca artista alguém que não aguentava mais esse mundo facistóide de ordem e progresso fama e sucesso…gostava dela/ era explicita e real…uma cantora interessante[27 anos]sem máscaras e hipocresias anti-drogas… sem mentiras ou
    salvacionismos ou posturas de sagrada família…
    é nem todos suportam esse mundo…que nem nós.
    hoje estou muito bem ontem quase morta.
    Reagi aos azedumes da vida
    e hoje up…up…up..è preciso se carregar/
    se proteger contra o dragão fel do ego.

  5. Olá Júlio,
    Existe a possibilidade desta sua resenha ser transcrita no seu blog?
    É que acabei de ler este livro e … infelizmente o site da Cosac & Naify não existe mais….
    Abraços da ex-aluna

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s